Arquivo mensal: agosto 2014

Heróis Invisíveis

É muito bom saber que temos alguém que nos protege, que está prestes a nos ajudar sempre ou defende nossas causas e conceitos. Essa sensação de proteção, começa quando somos ainda crianças, com os nossos pais, avós, tios, irmãos mais velhos… Depois, mais tarde na puberdade, adolescência e fase adulta, estende-se aos amigos, namorados e cônjuges. Hoje com a modernização e tecnologia, a internet proporciona a existência de varias páginas em redes sociais defendendo causas, pessoas, movimentos, modos de vida, classes, conceitos etc. Considero as pessoas por trás disso Heróis Invisíveis.

super-herois-internet

(Ainda bem que nossos Heróis Invisíveis não tem esses problemas!)

Acompanho alguns blogs e fan pages, e particularmente sou fã de uma página chamada Não Sou Exposição, e daí partiu a minha concepção de “Heróis Invisíveis“, pois apesar de não conhecer pessoalmente e saber pouco sobre quem comanda essa página, sinto-me super compreendida e protegida a cada texto que leio em suas publicações. Chegando a ficar em crise de ansiedade ao esperar o próximo (hahaha). 10394803_637995012942564_730493899780370428_n A página NSE tem como base, expôr questionamentos sobre imagem corporal, amor próprio, saúde e comida. Simples hein? Mas infelizmente, devido sua visão e modo de abordagem de temas que envolvem aceitação, “padrões” e qualidade de vida física e psicológica, a página vem sendo atacada por pessoas que se demonstram totalmente contra as teorias expostas e a favor da mídia e sua alienação, que tem como grande trunfo o tal “Movimento Fitness”.

1426702_734838863211936_1070610404_n

(Bem senhor dono de loja de suplementos, eu sempre desejo ser feliz. Você vende felicidade em potes de Whey?)

Segundo alguns leitores, seguidores e curtidores essa página tem salvado vidas. Muitas pessoas que estavam sofrendo transtornos alimentares, ao conhecer a página e suas abordagens, passaram a ter outra visão (claro, a página não é tábua de salvação, mas ajuda bastante) além de sentirem um apoio peculiar, que geralmente não parte nem dos mais próximos, como a família, por exemplo.

(Cena do filme “Minha Mãe é Uma Peça”,que apesar de ser um filme tem muito da vida real, onde a mãe ridiculariza a filha em vários aspectos, incluindo o fato da jovem ser gorda. Nessa cena, até faz comparação da mesma com “Free Willy”, nome de uma orca de cativeiro que protagoniza um filme lançado em 1993 com o mesmo nome.)

Na verdade, acredito que esses Heróis Invisíveis (nem tão heróis, nem tão invisíveis assim) são pessoas comuns, que usam a “liberdade de expressão” (nem tão liberta) e apenas expressam suas ideias sem importassem muito com a opinião alheia. São amados e odiados, de acordo com a evolução de suas teorias pessoais e suas buscas por liberdade. E a eles, ofereço todo o meu apoio pela coragem de não ir de acordo com a maioria!

aplausos

(Bravo! Bravo!)

Até o próximo post… Beijos!

%d blogueiros gostam disto: